Apesar do imenso transtorno que causam — desde prejuízos financeiros até impedimentos ao veículo e ao condutor, — as infrações de trânsito podem ser facilmente evitadas, especialmente as mais cometidas em nosso país.

Seja por descuido, maus hábitos ou aquele pensamento de que “isso não vai acontecer comigo”, deslizes corriqueiros podem gerar multas altas e minar os pontos na sua carteira de motorista.

Mas é claro que não estamos desmerecendo a importância da fiscalização e de suas penalidades. Muito pelo contrário! Queremos, aqui, alertar você para o fato de que algumas atitudes aparentemente inofensivas no trânsito podem causar graves acidentes e mortes.

Por isso, fique atento às infrações de trânsito mais comuns e veja se você não as comete pelas ruas.

Ultrapassar em faixa dupla

Você está com pressa, o carro da frente anda um pouco mais devagar, e quando viu, a ultrapassagem já foi feita. Muitos motoristas podem nem se dar ao trabalho de reparar, no chão, se a faixa é contínua, mas essa marcação existe por um motivo e deve ser respeitada. Se o local está sinalizado como proibido para ultrapassagem, é porque esse ato põe em risco os condutores dos dois sentidos.

Pise no freio e espere um trecho permitido para seguir o seu caminho com segurança.

Infração: gravíssima

Pontos: 7

Valor: R$ 1.467,35

Não usar o cinto de segurança

Muitas campanhas já foram feitas para conscientizar a população sobre a importância do cinto de segurança — e não foi por acaso. Os números de acidentes com vítimas fatais podem cair bastante com esse bom hábito de afivelar os cintos antes de seguir em frente.

Vale lembrar que o uso do cinto de segurança pelos passageiros do banco de trás também é fundamental, pois em uma colisão, a pessoa que está atrás pode “voar” para cima de quem está na frente e causar a morte de ambos.

Infração: grave

Pontos: 5

Valor: R$ 195,23

Trafegar pelo acostamento

Uma das infrações de trânsito mais perigosas que existe também é uma das mais cometidas pelos brasileiros — que, como sempre, andam apressados. Esse espaço da pista serve de apoio caso algum carro precise encostar para fora da estrada. Imagine se isso acontece justamente quando um outro veículo vem trafegando por esse acostamento?

choque é grande, e ainda pode vitimar outros carros que estão na pista. Definitivamente, não vale o risco e nem o preço: o total final pago por essa infração é o valor da multa vezes três. São mais de R$ 2.600,00 saindo do seu bolso.

Infração: gravíssima

Pontos: 7

Valor: R$ 2.640,00

Usar o celular enquanto dirige

Uma infração de trânsito dos tempos modernos, não é verdade? Hoje em dia, há quem não consiga se desligar do celular nem enquanto dirige — e além dos que conversam, há os que tentam digitar e dirigir ao mesmo tempo. Uma combinação fatal, visto que o trânsito exige total concentração e qualquer segundo sem olhar para a frente, para os lados e para trás pode causar um acidente, dos mais leves aos mais graves.

Infração: gravíssima

Pontos: 7

Valor: R$ 293,47

Além dessas infrações de trânsito, podemos citar como as mais comuns o excesso de velocidade, estacionamento em local proibido, desrespeito ao rodízio e não regularização da documentação do veículo. Como você pode notar, todas advém de maus hábitos que podemos — e devemos — mudar para termos um trânsito mais respeitoso e seguro.

Então, que tal começar compartilhando este texto com os seus amigos nas suas redes sociais? Assim, você já ajuda na conscientização de mais motoristas!