A gestão de um negócio é uma tarefa que exige uma grande capacidade multidisciplinar do empresário. Se você tem uma oficina mecânica, sabe bem o que isso significa: é preciso entender de finanças, gestão de pessoas e planejamento estratégico. E como se não bastasse, você ainda precisa ter um grande conhecimento sobre automóveis. Mas essas qualidades não têm nenhuma relevância se você não for capaz de fazer um planejamento orçamentário eficiente para sua oficina mecânica.

Planejamentos orçamentários são tarefas difíceis: como prever as questões financeiras da oficina em um momento de tanta instabilidade no mercado brasileiro? Listamos algumas dicas para que o seu seja mais certeiro e potencialize os ganhos da sua oficina. Confira!

Comece avaliando o período anterior

Um bom planejamento orçamentário deve ser, no mínimo, anual. Dessa forma você consegue prever as suas receitas e despesas em um período adequado e pode planejar o futuro do seu negócio.

Para iniciar o planejamento do ano seguinte, você deve avaliar como foi o anterior. Faça uma análise detalhada do que deu certo e do que você considera que pode aprimorar na gestão da sua oficina. Dessa forma você consegue traçar um orçamento mais próximo da realidade do seu negócio.

Estabeleça cenários possíveis

Em uma economia instável, é difícil fazer um planejamento que consiga chegar ao fim do ano da mesma forma como foi pensado. Ao mesmo tempo, é impossível planejar sem saber como a economia se comportará pelos próximos 2 meses.

Para solucionar isso, os especialistas recomendam que os empresários façam um planejamento baseado em cenários. Ao planejar, você deve imaginar três situações que podem acontecer:

  • Cenário Otimista: esse cenário considera que a economia vai recuperar o fôlego. Você receberá muitos clientes e terá bastante movimento na sua oficina.
  • Cenário Pessimista: ao contrário do anterior, esse cenário estabelece uma realidade de dificuldades. Aqui você terá que fazer um planejamento mais conservador.
  • Cenário Neutro: fica entre os dois cenários anteriores. Você pode contar com o movimento de clientes na sua oficina, mas ele não será tão diferente do que foi nos anos anteriores.

Estabeleça um calendário financeiro

As oficinas mecânicas, em geral, trabalham com mais ou menos movimento dependendo da época do ano. Os meses de Janeiro, Julho e Dezembro, por exemplo, costumam ser de maior movimento, pois coincidem com as férias escolares. As pessoas viajam mais e procuram as oficinas para revisarem seus veículos.

Você deve pensar no seu planejamento levando em consideração essas épocas diferenciadas.

Trace metas para a sua oficina

Em que estágio você quer chegar ao final do ano? Qual o seu desejo? Otimizar seu fluxo de caixa? Aumentar o número de clientes? Expandir o negócio, abrindo outra oficina ou diversificando o serviço?

Essas perguntas deverão ser feitas antes de fazer o planejamento para o ano. As respostas a elas orientarão os investimentos que você vai programar.

Cuide do seu estoque

Se você compra muitas peças, precisa controlar seu estoque para não perder dinheiro. Fique atento aos prazos de validade e evite desperdícios ao máximo. Nesse caso, vale fazer uma reunião com a equipe que lida com o estoque para entender como está sendo feito o controle.

Negocie com seus fornecedores

Não é só a sua oficina que sofre com a crise. Os fornecedores também estão passando por momentos difíceis. Essa é a hora ideal para negociar novos preços! Assim o fornecedor não perde o cliente e você consegue realizar suas compras gastando menos.

E você, tem outras dicas para fazer um planejamento orçamentário eficiente? Então deixe seu comentário abaixo e participe!