Para rodar por aí sem ser surpreendido com falhas mecânicas, não tem outro jeito: é preciso cuidar da manutenção do automóvel periodicamente. Nesse contexto, comprar peças de carro se torna uma das atividades mais importantes para motoristas.

Por isso, na hora de fazer a reposição de peças, é fundamental conhecer pelo menos um pouquinho sobre o assunto. Dessa forma, você pode procurar pelos produtos de mais qualidade e encontrar os melhores preços e condições de pagamento.

Confira as dicas que preparamos neste artigo para você sempre fazer bons negócios e manter o seu carro rodando com tranquilidade. Boa leitura!

1. Pesquise bem antes de comprar peças de carro

Se você é um apaixonado por carros, é provável que goste de fazer reparos no seu automóvel por conta própria. No entanto, é fundamental conhecer o assunto para evitar cair em uma roubada na hora de procurar peças de reposição. Esse conhecimento é necessário para pesquisar os melhores preços e garantir a qualidade dos itens que você vai colocar no seu veículo.

Caso você já tenha procurado por qualquer peça alguma vez na vida, já percebeu que comprar em autorizadas costuma sair mais caro. Então, deixe esses locais por último na hora de ir atrás da peça necessária. Confira mais dicas:

  • comece com uma pesquisa caprichada na internet — procure fóruns de discussão especializados em mecânica automotiva e observe a opinião dos participantes;

  • estude e entenda por que determinadas marcas são melhores do que outras, ou quais os diferenciais oferecidos por determinados fabricantes em comparação aos seus concorrentes;

  • conheça as características, os preços e as condições de pagamento de cada produto.

2. Verifique a credibilidade da marca

Geralmente, quem trabalha no mercado há bastante tempo e é reconhecido pelos bons serviços prestados pode opinar com autoridade a respeito das melhores marcas de peças de reposição. Por isso, ouvir o que esses profissionais têm a dizer — sejam mecânicos ou proprietários de lojas especializadas — antes de tomar uma decisão de compra é altamente recomendado.

Existem outras possibilidades de se atestar a credibilidade de uma marca. Veja quais abaixo!

Certificação

Peças de reposição para carros possuem certificações de qualidade que garantem a integridade dos produtos. Procure se informar se a marca que você está cogitando comprar tem a certificação ISO —essa informação pode ser verificada na internet e garante que as melhores práticas são utilizadas nos processos de fabricação. Verifique também se os itens têm o selo do Inmetro.

Tempo de garantia

Uma peça automotiva não é imune a falhas. Por isso, os fabricantes devem oferecer a garantia dos seus produtos, para o caso de apresentarem defeitos logo após a compra. Quanto maior o prazo dado pelo fornecedor, maior é a confiança no produto.

Suporte técnico

Comprar peças de carro de um fabricante que oferece suporte técnico especializado é outro diferencial importante. Isso significa que a marca se preocupa com o cliente além do momento da venda. Caso algo ocorra, ela estará preparada para apresentar soluções rápidas e eficazes.

3. Não pense apenas no preço

Como já foi mencionado, as autorizadas costumam oferecer os produtos com preço mais alto no mercado. Embora isso deva ser levado em consideração — afinal, peças de qualidade podem ser encontradas em outros lugares com preços melhores —, o custo não deve ser o principal fator no momento da compra.

Empresas especializadas podem produzir peças de reposição de qualidade a preços mais competitivos, mas é preciso conhecer bem esse mercado para fazer uma boa escolha.

Tenha cuidado, especialmente, com peças de segunda linha ou recondicionadas. Apesar de existirem empresas que produzem bons itens recuperados, muitos desses produtos não possuem altos padrões de qualidade, têm menor vida útil e devem ser utilizados apenas em último caso.

Importante: caso esteja repondo peças dos sistemas de suspensão e freio, que estão diretamente ligados à segurança, a recomendação é para não usar peças recondicionadas sob hipótese alguma. Os riscos de um acidente fatal são enormes, caso um componente falhe durante o uso.

4. Faça reposição caseira apenas de itens simples

Para quem gosta de trabalhar no seu carro e fazer as reposições de peças na própria garagem, a recomendação é que apenas aqueles itens mais simples e que não tenham ligação direta com a segurança do veículo passem por esse tipo de procedimento.

Uma troca de óleo, substituição de palhetas de para-brisas, calibragem de pneus e outras atividades mais corriqueiras podem ser feitas no dia a dia pelo próprio motorista. Confira algumas peças cuja reposição pode ser realizada na sua própria garagem:

  • frisos;

  • calotas;

  • botões;

  • maçanetas.

5. Escolha mão de obra qualificada

Quando se fala em manutenção de suspensão, freios, motor e qualquer outro item que tenha impacto direto na segurança do motorista, a recomendação é não apenas comprar peças de alta qualidade, como também levar o carro para ser revisado por quem entende do assunto.

Mas como escolher o melhor profissional para cuidar do seu carro? Veja algumas dicas!

Consulte amigos e conhecidos

Um bom mecânico é um profissional muito valorizado no mercado. Ninguém gosta de entregar o carro para uma pessoa que não cumpre prazos, faz trabalhos de baixa qualidade ou cobra caro. Por isso, peça dicas para amigos e conhecidos em quem você confie. Se ficar na dúvida, tente descobrir outras referências do profissional a ser contratado.

Identifique as especialidades do profissional

Há bons mecânicos generalistas, mas o ideal é encontrar um profissional especialista no tipo de manutenção que você busca. Procure identificar se o mecânico é qualificado, possui certificação ou é autorizado da marca do seu carro. 

Na dúvida, pergunte ao mecânico

Se, ainda assim, não estiver 100% seguro, que tal fazer uma entrevista com o mecânico? Procure conhecer mais a respeito de sua experiência, há quanto tempo ele atua no mercado, por que decidiu se especializar nessa área, como ele calcula seus preços e qual a garantia do trabalho.

Então, agora você já sabe: pesquisar bastante, estar atento à credibilidade das marcas e pensar na qualidade antes do preço são atitudes que todo bom motorista deve tomar na hora de comprar peças de carro — assim como escolher bem o profissional que vai cuidar do seu automóvel.

Gostou do artigo? Então, entre em nossa loja virtual e conheça as peças de qualidade da Tonini!