Muitas pessoas somente se preocupam quando o carro dá algum problema. Nesse cenário, uma boa mecânica é aquela que orienta e demonstra qualidade para os seus clientes, conquistando a sua confiança e fidelizando-os, principalmente quanto à prevenção de problemas no veículo.

Por isso, é importante saber informar sobre a manutenção preditiva, corretiva e preventiva. Os seus clientes sabem as diferenças de uma para outra e quando cada uma se aplica? 

Neste post, vamos tratar exatamente desse tema para você conseguir manter o alto nível do seu negócio. Acompanhe!

O que é manutenção preditiva, corretiva e preventiva?

É comum associar a manutenção do carro sempre à prevenção de problemas. Contudo, entre os tipos de cuidado que podemos ter com o veículo dos clientes existem três formas que certamente vão manter o bom desempenho e o valor do automóvel, além de auxiliar na redução do consumo de combustível, por exemplo, e evitar gastos imprevistos.

Vamos conhecer agora os tipos de manutenção veicular e as suas diferenças:

Preditiva

Como o próprio nome sugere, a manutenção preditiva prediz que algo errado pode acontecer ou que alguma peça se encontra no final da sua vida útil.

Com isso, é possível que a sua equipe consiga indicar o que é melhor a ser feito, tanto para manter o carro em pleno funcionamento quanto para gastar bem menos, pois exatamente o contrário ocorre ao esperar os itens se deteriorarem ou trazerem problemas.

Corretiva

Essa é a manutenção que ocorre para corrigir algum problema. Ou seja, quando acontece traz em si a urgência, pois ela é imprescindível para reparar o automóvel e fazê-lo voltar ao funcionamento.

Outra característica é de que o carro, em geral, apresenta mais de uma peça danificada, pois o item com defeito pode comprometer outras partes do veículo. Com isso, existirá um gasto maior, além de aumentar também o tempo parado em uma oficina mecânica.

Preventiva

Na manutenção preventiva, existe o compromisso relacionado aos prazos das montadoras — de tempo e quilometragem —, conforme o manual.

Ou seja, trata-se de um tipo que ocorre periodicamente para manter o bom funcionamento veicular e a segurança do motorista e demais pessoas.

Quando feita no tempo certo e da forma correta, ela previne acidentes e outros problemas com o carro.

A diferença

Fazendo um comparativo, podemos dizer que:

  • a manutenção preventiva segue o prazo indicado pelo manual do fabricante;
  • na manutenção preditiva sabe-se o tempo útil dos itens e peças do carro, e, para conseguir diminuir o custo da troca, é feita antes de haver um problema;
  • a manutenção corretiva acontece quando existe de fato algum defeito ou dano no carro a ponto de precisar do reparo imediatamente, prejudicado pelo tempo em que o veículo fica parado e também pelo custo, que é bem maior.

Quando cada uma delas deve ser aplicada?

É importante perceber que cada tipo de manutenção vai seguir a necessidade e as condições do proprietário para manter tudo em dia. De todo modo, é preciso salientar para a clientela que as manutenções preditiva e preventiva são bem mais baratas, o que traz certa vantagem para quem as faz.

Seja periodicamente, seja quando se percebe a necessidade de avaliação antes de ocorrer o problema, essas duas trazem benefícios tanto para o desempenho do automóvel quanto para a segurança no trânsito.

A manutenção corretiva, muitas vezes, é inevitável. Afinal, quando ocorre um problema, é preciso repará-lo para que o veículo possa voltar às ruas.

Quais os benefícios para os clientes?

Trazer esse tipo de conhecimento acerca dos tipos de manutenção tem como principal benefício ganhar a confiança do cliente. Além disso, orientará quanto ao uso adequado do veículo, que sempre terá melhor desempenho — diferentemente de quando não se tem cuidado nenhum —, e a segurança de todos que utilizam o carro.

A economia financeira gerada pelas manutenções preditiva e preventiva também se configura como grande vantagem para o cliente. E este, sempre que precisar, em qualquer situação, lembrará da sua oficina.

Gostou do nosso post sobre manutenção preditiva, corretiva e preventiva? Tem alguma dúvida sobre o assunto? Então aproveite e conte-nos nos comentários!